Levantamento aponta irregularidades no Minha Casa Minha Vida em MT

Casas do programa Minha Casa Minha Vida estão sendo retomadas pela Prefeitura de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, após o resultado de um levantamento realizado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano do município. Este estudo apontou que 42% das residências sorteadas não estão sendo usadas pelas pessoas que foram contempladas.

“Nós estamos abrindo um processo junto à Caixa Econômica para retomar as casas, que são em número de 86. Existem muitas pessoas que necessitam com mais premência, pessoas que estavam internadas, ou em processo na Justiça. Então, essas casas vão sendo direcionadas a essas pessoas”, esclareceu o secretário de Desenvolvimento Urbano de Várzea Grande, Tarcísio Bassan.

A copeira Ana Paula Gonçalves de Almeida conta que vai precisar fazer uma reforma de adaptação na casa para onde se mudou por conta do filho que necessita de atendimento especial. Mas esse não seria o problema, explicou. “Tem casas aqui na rua que foram vendidas. O dono nem está mais aqui. Outras pessoas já reformaram a casa e dizem que vão alugar”, conta Ana Paula.

A mesma situação ocorre com os imóveis sorteados pelo programa em Cuiabá e as residências estão sendo fiscalizadas. “Nós tivemos um diagnóstico inicial de 58 casas irregulares, mas há um estudo que aponta aproximadamente 409 irregulares hoje dentro desse programa como um todo, que corresponde a 2,8 mil casas na capital”, afirmou o secretário de Cidades de Cuiabá, Suelme Evangelista. O secretário explicou que essas 58 residências apontadas inicialmente na capital mato-grossense já estão em processo de reintegração de posse e dentro de duas semanas devem ser retomadas.

Os beneficiários que se encontram nessa situação de venda ou aluguel do imóvel sorteado terão o contrato cancelado e não poderão participar novamente de programas habitacionais, pois terão o Cadastro de Pessoa Física (CPF) negativado diante da Caixa Econômica Federal. “E quem comprou a casa, evidentemente, vai perder o seu dinheiro”, frisou Bassan.

Fonte: http://g1.globo.com/mato-grosso/noticia/2013/11/levantamento-aponta-irregularidades-no-minha-casa-minha-vida-em-mt.html